Conheça os principais mitos e verdades sobre o sexo anal

Tal como qualquer outra prática sexual, o sexo anal é também envolto em mitos que se perpetuam ao longo do tempo.

Contudo, pelo bem da sua vida sexual, é importante desmistificar os mesmos. E foi isso que hoje resolvemos fazer.

Iremos indicar-lhe alguns mitos e verdades sobre esta prática sexual, para que possa estar confiante na sua prática.

Sexo anal – Os mitos e as verdades que precisa conhecer

Hoje iremos desmistificar alguns dos mitos mais comuns sobre esta prática. Conheça tudo de seguida.

1 – O sexo anal é sempre doloroso – Mito

A verdade, é que as primeiras vezes podem ser um pouco dolorosas até porque as pessoas não estão habituadas.

Contudo, se for acompanhado de desejo, vontade, comunicação e confiança entre os parceiros, esta prática é indolor, além de ser bastante agradável e excitante.

Como é óbvio, deve utilizar sempre imenso lubrificante no seu parceiro, de forma a tornar a prática mais simples (porque contrariamente à vagina, o ânus não se lubrifica sozinho).

2 – Não é necessário a utilização de preservativo – Mito

Tal como qualquer outra relação sexual, o sexo anal não deve ser realizado sem qualquer tipo de proteção (principalmente se for praticado com pessoas que não conhece perfeitamente).

O preservativo é o único método que o protege contra doenças sexualmente transmissíveis, por isso mesmo, deve ser utilizado sempre.

3 – O ânus é sempre uma zona suja – Mito

Tal como qualquer parte do corpo humano, o ânus deve ser higienizado antes da prática de sexo anal.

Embora o ânus seja associado (obviamente) ao local por onde saem as fezes, a verdade é que este não tem obrigatoriamente de ser um local sujo. Contudo, é importante que tenha em conta, que a zona inicial do canal pode ter algumas partículas fecais, sendo por isso obrigatório que troque o preservativo sempre que passar de sexo anal para sexo oral.

4 – As mulheres não têm prazer com sexo anal – Mito

Este é um daqueles mitos que é importante ser desmistificado. Como é óbvio, muitas mulheres até podem experimentar este tipo de prática por vontade dos companheiros, no entanto, isso não quer dizer que se for feito corretamente e com toda a vontade e paciência do mundo, que não seja algo que se torne bastante prazeroso.

5 – O sexo anal é a forma mais simples de ser infetado por SIDA – Mito

E é um mito enorme. A verdade é que a zona do ânus contem muito mais tecidos sensíveis que a vagina, e que a probabilidade de algum se rasgar é muito superior.

Contudo, se a prática sexual for bem realizada com lubrificante e recurso ao preservativo, não existe nenhum risco de contágio.

Agora que já sabe 5 mitos e verdades sobre o sexo anal, está na altura de o começar a praticar, mas sempre de forma segura.

Fale com o seu parceiro, e dê-lhe a entender que é uma vontade que tem, e que irá fazer tudo calmamente de forma a não ser doloroso.

Deixe uma Resposta